María Dolores Cacuango Quilo (26 de outubro de 1881 – 23 de abril de 1971), foi um ativista e líder indígena que promoveu a luta pelos direitos dos quíchuas e camponeses no Equador. Também é considerado uma figura importante no feminismo do século XX.

Cacuango concentrou seu ativismo em favor da defesa das terras, da abolição da escravidão e da língua quíchua. Graças a isso, ele conseguiu fundar a Federação Equatoriana de Índios (FEI), que se tornou uma importante parte em aliança com o Partido Comunista do Equador.

Apesar de não ter recebido educação formal, Cacuango promoveu a fundação da primeira escola bilíngüe (quechua-espanhola), para levar conhecimento aos filhos de indígenas e camponeses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s